• 1980-81
  • Fundação da Asmoreji foi fundamental na luta por melhores serviços públicos na cidade de Embu

    Geraldo Cruz participou da fundação da Asmoreji e foi eleito primeiro presidente. A Associação foi fundamental na luta por água, luz, escola e creche em Embu.

  • Ao lado de outros lideres, fundou o PT de Embu das Artes
  • 1982-83
  • Eleito o primeiro e único vereador do PT de Embu 1982
  • Acabou com a “Farra das Aposentadorias” de políticos em Embu 1983

    Conseguiu acabar com as aposentadorias para vereadores e prefeitos com apenas 12 anos de serviços. Embu foi uma das primeiras cidades, logo foi extendido a todo país.

  • Lei que impede a aposentadoria de políticos foi estendida a todo país
  • 1988-99
  • Eleito vereador de Embu das Artes pela segunda vez 1988
  • Articulou a implementação da creche na Asmoreji
  • Denunciou o desvio de recursos na chamada farra dos congressos de Embu 1999

    Ação culminou com o afastamento de 18 dos 19 vereadores da cidade. Geraldo foi o único vereador que permaneceu na casa. Reduziu os gastos da Câmara em mais de 20% e aumentou a transparência dos atos praticados pelos vereadores.

  • Eleito vereador de Embu das Artes pela terceira vez 1996
  • Eleito prefeito de Embu das Artes 2000

    Em uma campanha vibrante, que contou com o engajamento voluntário de setores importantes da sociedade embuense, Geraldo vence a eleição para prefeito inaugurando um nova fase na história de Embu.

  • Participação decisiva na construção do Hospital Pirajussara 1998
  • 2001
  • Embu deixou de ser a cidade do crime com a criação da Guarda Civil Metropolitana

    Após a implantação da Guarda Civil Municipal (GCM), Embu deixou de ser uma das cidades mais violentas do Estado de São Paulo. Os homicídios caíram 83%, latrocínios 80% e roubos e furtos 46% entre 2001 e 2008.

  • Criação do kit escolar e ações educativas inovadoras incentivaram formação de alunos

    Comprar material escolar deixou de ser uma preocupação para os pais. Também foi o início da implementação de projetos pedagógicos inovadores como Embu na Onda do Mar, Letras e Livros, Núcleo de Artes e Projeto Férias .

  • Embu das Artes foi tirada da UTI

    A saúde amargava índices alarmantes de saúde pública. Mas essa realidade mudou com a implementação de programas de saúde mental, da saúde da mulher, do idoso, das crianças, o combate à tuberculose, construção, recuperação e aparelhamento de unidades que resultaram na ampliação do número de consultas em 814% .

  • Conisud permitiu articular ações para solucionar problemas com cidades vizinhas

    O Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste atua em defesa dos interesses da região, que abrange uma população de um milhão de habitantes e cujo território está mais de 90% em Área de Proteção de Mananciais.

  • Primeiro prefeito a canalizar um córrego na cidade. No total foram 18
  • 2002
  • Banco de Alimentos garantiu ações de combate à fome e pobreza

    Ganhou o Prêmio Josué de Castro, do Governo do Estado de São Paulo, como modelo de gestão no combate à fome a ao desperdício. Frutas, legumes e verduras passaram a ser distribuídos semanalmente a famílias carentes.

  • Combate à corrupção e gestão eficiente transformaram administração em exemplo nacional

    Medidas como a informatização dos serviços, redução dos gastos com aluguéis de prédios e democratização da elaboração do orçamento público fizeram de sua administração um exemplo de gestão, que conquistou o respeito de amplos setores da sociedade.

  • Incubadora de Cooperativas de Embu garantiu renda de até 2 mil reais

    Referência nacional em economia popular, gerou trabalho e renda para mais de 500 pessoas. Foi criada pela em parceria com o SEBRAE e com a Associação Comercial, Industrial e Serviços de Embu das Artes (Acise) .

  • 2003
  • Canalizações e obras de urbanização valorizaram comunidades

    17 córregos canalizados, 300 ruas pavimentadas com sistema de drenagem e rede de esgoto. Uma política de integração das áreas sociais e valorização das comunidades resgatou a autoestima da população. Foram 10 mil famílias beneficiadas.

  • Implementou Plano Diretor que organizava e estimulava o desenvolvimento social, econômico e ambiental da
  • 2004
  • Reeleito prefeito de Embu das Artes
  • Criação da merenda escolar saudável e uma educação de qualidade para todos

    Projeto premiado pelo Ministério da Educação garantiu 53 mil refeições diárias, com 80% de merenda natural, para crianças com algum tipo de doença, como diabetes, hipertensão, insuficiência renal aguda ou alergias diversas.

  • Construção da maternidade de Embu trouxe saúde as mães e filhos

    A Maternidade Municipal de Embu, Alice Campos Mendes Machado, foi resultado da luta do movimento popular que exigia sua construção..

  • Conquista o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. Único da região a receber o prêmio
  • Instala a Primeira Cia. do 36º Batalhão da Polícia Militar no Dom José.
  • 2005
  • Centros de Referência ofereceram serviços de valorização da cidadania

    Foram criados o Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centros de Referência voltados à mulher (CRM), à criança e ao adolescente (CRCA), à junventude (CRJ), aos idosos (CRI) e da Assessoria de Promoção da Igualdade de Gênero e Raça.

  • Embu inovou na Educação com a construção da escola modelo Paulo Freire

    Instalada no Jardim Santa Emília, a Paulo Freire tornou-se um marco por ter sido projetada e construída a partir de padrões de qualidade nunca vistos na cidade.

  • Implementação do Orçamento Participativo deu voz às comunidade

    Por meio do OP, todo cidadão tem a oportunidade de apontar quais são as obras prioritárias para o bairro onde reside e opinar sobre destinação das verbas.

  • Frente de Trabalho garantiu renda e educação para mais de mil pessoas

    A Frente de Trabalho foi um programa emergencial de auxílio ao desempregado. Durante 9 meses dá direito a uma bolsa-auxílio, auxílio alimentação e auxílio transporte. Implementação do Posto de Atendimento ao Trabalhador

  • Regularizou o transporte alternativo de passageiros da cidade

  • Fundação Abrinq concedeu o prêmio Prefeito Amigo da Criança
  • 2006
  • Instalação de equipamentos de segurança reduziram homicídios em 83% em 2006

    Instalação de 1 Batalhão da PM no Santa Emília, 2 companhias da PM no Dom José e Pinheirinho, 2 bases da PM no Tereza e no centro, além da GCM contribuiram para redução dos homicídios entre 2001 e 2008.

  • Política habitacional garantiu mais de 1.500 moradias dignas

    FForam entregues 500 moradias e deixadas mil contratadas. Integração das áreas sociais e valorização das comunidades resgataram autoestima da população.

  • Descentralização do serviço público garantiu atendimento eficiente e de qualidade

    Descentralização facilitou o acesso e melhorou o atendimento aos cidadãos. A Prefeitura instalou postos em bairros populosos da cidade. As praças de atendimento receberam perto de 400 mil usuários entre 2006 e 2008 .

  • 2007
  • Melhoria da saúde pública fez mortalidade infantil cair 32%

    Um dos principais dados que refletem a melhora nas condições de saúde da população é a queda do índice de mortalidade infantil, que baixou de 17,5 (óbitos por mil nascidos vivos) no início de 2001 para 11,6 em 2008

  • Posto de Atendimento ao Trabalhador contribuiu para queda de 56% no desemprego

    Entre 2007 e 2009 foram oferecidas cerca de 6 mil vagas e 4.510 pessoas foram empregadas. Aliada com outras ações, o desemprego caiu de 22,17 para 9,85%.

  • 2008
  • Arrecadação de Embu cresceu sem aumento de impostos

    O resultado foi fruto da correta gestão do dinheiro público, competência e criatividade. A campanha “Tô Legal” reduziu a informalidade e a melhoria dos indicadores socieconômicos, atraiu empresas que geram emprego e aumentam a receita local.

  • Praças de esporte e lazer permitiram a inclusão social como exercício diário de cidadania

    Reformou e construiu cerca de 30 praças de esporte e lazer nos diversos bairros da cidade, onde a população ganhou quadras poliesportivas, equipamentos de lazer para as crianças.

  • Unidade de Saúde do Independência melhorou a qualidade e oferta de serviços de saúde

    A Unidade possui cobertura populacional estimada em 20 mil pessoas. Conta com consultórios, salas de coleta de exame, inalação, medicação, curativos e vacina, além de um Centro de Especialidades Odontológicas.

  • Complexo educacional Valdelice Prass triplicou número de vagas oferecidas

    Instalado num espaço de 4.000 m², possui auditório, biblioteca, refeitório, salas de informática e multiuso, lanchonete e dependências administrativas, além de um ginásio poliesportivo para 2 mil pessoas.

  • 2009
  • Analfabetismo despencou 84% com programas educacionais de inclusão

    Por conta do Mova e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), a redução do analfabetismo em Embu caiu de 13% para 1,96% nos últimos dez anos

  • Programas de inclusão social contribuiram para redução de 42% da pobreza em Embu

    Ações de inclusão social e estímulo à autonomia econômica garatiram a promoção da dignidade humana. Pobreza despencou de de 12,22 para 7% até 2008.

  • 2010
  • É eleito deputado estadual
  • 2011
  • Construção do Hospital Geral de Embu das Artes foi barrado pelo Governador

    Propos a Indicação 544/2011 e destinou emenda orçamentária de R$ 10 milhões para construção do hospital em Embu. Ambos recusados pelo Governo de SP

  • Ampliação do Hospital Pirajussara e mais leitos para Embu nortearam ações do mandato

    Deputado Geraldo Cruz propôs emenda e indicação nesse sentindo, mas foram vetadas pelo Governo de São Paulo

  • Mandato promoveu debate sobre valorização dos profissionais da educação para cerca de 200 professores

    Deputado Geraldo Cruz propôs emenda e indicação nesse sentindo, mas foram vetadas pelo Governo de São Paulo

  • Mais de 300 jovens de 12 cidades da região tiveram vez e voz no Seminário de Políticas Públicas para a Juventude

    Com propriedade e demonstrando senso crítico e disposição ao debate, jovens elaboraram propostas de políticas públicas inclusivas para a educação, cultura e trabalho

  • Projeto exige divulgação de dados sobre qualidade da educação

    Os órgãos responsáveis pela gestão da educação pública deverão divulgar em todos os veículos de comunicação oficiais e em cada unidade escolar dados referentes à qualidade de educação ofertada nas escolas de ensino fundamental e médio, conforme projeto de lei apresentado pelo deputado Geraldo Cruz em novembro (PL Nº 1.087/2011).

  • Lógica da privatização na saúde foi contestada e proposto leitos públicos em hospitais particulares

    Indicação 544/2011, de autoria do deputado Geraldo Cruz, indica medidas necessárias no sentido de estabelecer, por meio de convênio ou outro instrumento jurídico, com as instituições privadas com ou sem fins lucrativos que possuam leitos hospitalares, que destinem o mínimo de 25% para atendimento público através do Sistema Único de Saúde

  • Consumidor será indenizado por atraso na entrega de produtos

    Projeto de lei 1086/2011, de autoria do deputado Geraldo Cruz, obriga os fornecedores de produtos ou serviços no Estado a cumprir o prazo estabelecido nos contratos para entrega do serviço ou produto

  • Projeto de valorização da terceira idade foi implementado no Jardim São Francsico

    “Posso dizer que minha participação nesse projeto mudou totalmente minha vida. Agora me sinto uma pessoa ativa.” Este foi um dos depoimentos que o deputado Geraldo Cruz ouviu no último dia 21/6, ao participar de evento na Associação Amigos do Jardim São Francisco, localizado na região do Guarapiranga (SP), em comemoração ao primeiro ano do projeto Terceira Idade, voltado ao atendimento de pessoas do bairro a partir dos 60 anos.

  • 2012
  • Mandato ganha visibilidade em diferentes meios de comunicação na grande imprensa por sua atuação
  • Discursão sobre educação foi levada para dentro de mais de 20 escolas

    O que é o Conselho Estadual de Educação? Qual a sua finalidade? Quem são os seus componentes? A quem elas representam? Quando, onde e como se reúne este órgão? Quanto ganham os conselheiros por cada reunião realizada? Quem define sua pauta de trabalho?
    Estas e outras perguntas animaram as audiências realizadas por Geraldo Cruz em escolas públicas e associações comunitárias, para discutir o PL 108/2012

  • 500 idosos participaram da audiência pública dos Direitos da Pessoa Idosa

    O encontro constatou a insatisfação do segmento o transporte público intermunicipal e rodoviário e a burocracia para garantir o direito à gratuidade, estabelecido por meio da Lei Federal nº 10.741/2003, conhecida como Estatuto do Idoso.

  • Proposta CPI para investigar denúncia de desvio de emendas parlamentares
  • Mulheres discutiram participação na política e no mercado de trabalho

    Quase 200 mulheres de nove cidades participaram da Plenária das Mulheres realizada em Embu das Artes. Elas falaram com propriedade da necessidade de ampliação da participação feminina nos espaços do poder. Relataram os casos constantes de preconceito, críticas ao modo de falar, falta de visibilidade das candidaturas em razão da escassez de recursos e lembraram das dificuldades de unir a vida doméstica, educação dos filhos, trabalho e participação política

  • Mandato promoveu discursão sobre projeto de participação nas políticas educacionais

    O encontro reuniu entre profissionais da educação, estudantes, lideranças comunitárias, representantes de ONGs, além de professores de universidades públicas e privadas para discutir o PL 108/2012 de autoria do deputado Geraldo Cruz

  • 2013
  • Lei da juventude garante melhor qualidade de vida de todos os jovens

    Lei torna obrigatória implantação de políticas públicas para a juventude. Projeto prevê que o Estado deverá atender prioritariamente moradores de regiões violentas e jovens pertencentes a famílias de baixa renda.

  • Projeto torna obrigatória a chamada pública na rede de ensino

    O Projeto de Lei 347/2013, de autoria do deputado Geraldo Cruz, estabelece a obrigatoriedade da chamada pública e do registro de demanda por acesso e permanência de crianças, adolescentes, jovens e adultos nas redes públicas de ensino do Estado.

  • Criou Fórum para debater problemas e buscar solução de transporte no CONISUD

    O Fórum Permanente de Transportes, instituído pelo Mandato do Deputado Estadual Geraldo Cruz, buscou melhorias como Bilhete Único Metropolitano, novas linhas e itinerários, mais e melhores ônibus.

  • Debate sobre maioridade penal lotou Câmara de Embu das Artes

    Com o plenário lotado e gente espalhada pelos corredores, a Câmara Municipal de Embu das Artes sediou o debate sobre a redução da maioridade penal. O encontro – organizado pelo deputado Geraldo Cruz e pelo presidente da Câmara, Doda Pinheiro – teve como objetivo discutir a proposta do governador Geraldo Alckmin, que pretende reduzir a maioridade penal de 18 para 16 anos como forma de diminuir a violência.

  • Mandato criou Base de Dados “Transparência na Educação”

    Informações referente a cada uma das 5.800 escolas estaduais do Estado de São Paulo estão disponíveis na base de dados “Transparência na Educação – informações das escolas estaduais”. Construída a partir de informações oficiais enviadas pela Secretaria Estadual de Educação ao deputado estadual Geraldo Cruz

  • Projeto facilita acesso à informação pública

    O projeto do deputado Geraldo Cruz procura normatizar a forma como as informações desses órgãos da administração pública devem ser apresentadas pelos meios eletrônicos disponibilizados, deixando transparentes e de fácil acesso os dados a toda sociedade

  • 2014
  • Lei garantiu transporte intermunicipal gratuito para maiores de 60 anos

    Mandato apresentou projeto e abriu o debate para gratuidade no transporte público estadual. Unificação de tarifa do transporte intermunicipal e novas linhas ligando cidades foram objetivo de diversas proposituras

  • 2015
  • Recuperação urbana e ambiental do Jd. Santarém beneficiou 360 moradias

    Emenda parlamentar possibilitou obras de canalização de trecho do córrego, muro de arrimo, instalação de rede de esgoto e microdrenagem, pavimentação das ruas das vielas, colocação de postes e iluminação pública do Jardim Santarém

  • 84% das emendas orçamentárias solicitadas para Embu foram do mandato

    Entre 2014 e 2015, foram solicitadas R$ 1,8 milhão em emendas orçamentárias para Embu. Desse total, R$ 1,5 milhão foi do deputado Geraldo Cruz

Coligação Para o Bem de Embu das Artes: PT / PTB / PPS / PC do B / SD / PROS

CNPJ da Campanha: 25.474.961/0001-69