Debate sobre mudanças na aposentadoria tira dúvidas e conscientiza população de Embu das Artes

2017-04-24 00:00:00 | Comentários:

No último sábado, 22, o "Debate sobre mudanças na aposentadoria: Trabalhar até morrer ou morrer trabalhando" reuniu cerca de 200 pessoas na Câmara Municipal de Embu das Artes. Moradores de diversos bairros da cidade participaram do debate junto com lideranças políticas, com o objetivo de esclarecer dúvidas e conscientizar a todos o quão prejudicial será a Reforma da Previdência proposta pelo Governo Temer para a nossa sociedade.

Com a garoa e o frio do lado de fora, quem participou dentro do plenário pôde acompanhar a palestra da economista e especialista em gestão e finanças públicas Patrícia Pelatieri, coordenadora do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), que esclareceu em números e bastante detalhes as mudanças de cálculo que irão tornar mais prejudicial e complexa a nova Previdência Social, caso o projeto de reforma seja aprovado pelos aliados do presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados Federais.

O deputado federal Carlos Zarattini explicou para o público os bastidores da tentativa de aprovação imediata da reforma da previdência no plenário da Câmara Federal.

LEIA MAIS:
Supermercados temem queda no consumo de carne devido ao aumento de preço

Já a vereadora Rosângela Santos enfatizou a importância da população ir para as ruas manifestar contra a medida: “A culpa não é dos trabalhadores, as pessoas estão mal informadas, por isso temos que debater sobre esse tema que vai tirar o direito de todos. Não podemos aceitar essas mudanças sem lutar. Não é justo com as mulheres, que tem jornada dupla. Temos que ir para as ruas”, afirmou.

Para o deputado Geraldo Cruz “não é possível aceitar que direitos conquistados com tanta luta e coragem dos trabalhadores brasileiros sejam agora atacados e usados como desculpa para a ineficiência de um governo usurpador e golpista”.

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário