Debate expõe desafios sobre a revisão da Lei da Guarapiranga

2017-04-25 00:00:00 | Comentários:

O auditório da prefeitura de Itapecerica da Serra recebeu cerca de 150 pessoas para iniciar as discussões sobre a revisão da Lei Específica da Guarapiranga. O evento, idealizado pelo mandato do deputado estadual Geraldo Cruz (PT), co-produzido pelos deputados Ênio Tatto (PT) e Jorge Caruso (PMDB), e teve o apoio do prefeito de Itapecerica Jorge Costa.

Além de lideranças políticas, representantes dos movimentos de moradia, empreendedores, comitês, sub-comitês e sindicatos estiveram presentes e enriqueceram a discussão com diversos pontos de vista que expuseram os desafios que a Lei Específica do Guarapiranga ainda precisa enfrentar.

O deputado estadual Geraldo Cruz afirmou que o encontro foi o primeiro de uma série de atividades sobre o tema. “Acredito que só com debates como este vamos conseguir elaborar uma boa proposta. A população cresceu e muita coisa mudou, por isso é importante a retomar a discussão”, explicou.

O evento ainda contou com palestras de representantes das secretarias de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, que apresentaram relatórios das ações do governo estadual na Bacia do Guarapiranga.

Membros da sociedade civil e militantes de diversas entidades denunciaram a ausência do Estado na aplicação da Lei e cobraram a fiscalização correta e a consciência de que as metas não foram cumpridas, seja na parte de saneamento, de meio ambiente, de moradia ou de desenvolvimento econômico e sustentável.

Para Carlinhos do Embu-Guaçu, “foi muito boa a iniciativa dos deputados de trazer o debate para a região. Normalmente quem mora na região e sente os problemas de perto não participa das discussões”.

Empresários queixaram-se da dificuldade de aprovação de empreendimentos na região e moradores denunciaram a falta de investimento da Sabesp no tratamento do esgoto residencial.

Para Geraldo Cruz, “o saldo da audiência foi positivo para todos, os movimentos e a população puderam dar sua contribuição e experiência para o pontapé inicial na revisão da Lei”.

 

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário