Para Geraldo Cruz, alunos deram uma lição no governador e têm muito a ensinar

2015-12-04 00:00:00 | Comentários:

O deputado Geraldo Cruz, líder da Bancada do PT na Alesp, se pronunciou oficialmente, conforme nota abaixo, sobre a demissão do secretário de Educação, Herman Voorwald, e a “suspensão” da reorganização escolar, anunciada pelo governador Alckmin:

Nota da Bancada do PT na Alesp

Durante o último mês, os estudantes foram incansáveis em sua luta por uma escola pública de qualidade. Foram aguerridos no propósito de garantir escolas abertas. Foram solidários ao cuidarem desses espaços que são da comunidade. E tudo isso em meio à truculência da polícia de Geraldo Alckmin.

Dessa vez, os estudantes deram uma lição e provaram que têm muito a ensinar!

Alckmin tentou de tudo, de liminares na justiça a prisões de menores com direito a bombas e muitos feridos.

Mas, ao ver sua popularidade atingir o menor índice registrado, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (4/12), resolveu anunciar, numa rápida coletiva, a “suspensão” da chamada reorganização escolar por um ano.

Segundo o anúncio, além da “suspensão”, o secretário de Educação, Herman Voorwald, foi afastado do cargo, o que já havia sido solicitado pela Bancada do PT por meio de representação ao Ministério Público, todos os estudantes continuarão em suas escolas e o governo irá dialogar com pais e alunos durante 2016 "escola por escola".

A Bancada do PT acredita e defende o diálogo, mas sabe que essa não é prática comum no governo tucano. Por isso, os deputados do PT, que sempre apoiaram o movimento dos estudantes, vão continuar seguindo de perto o desenrolar dessa história.

Estudantes, pais, professores, enfim, a comunidade escolar deve ser ouvida. Não se fecham 94 escolas do dia para a noite.

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário