Embu das Artes recebe novo Centro de Artes e Esportes Unificados  

2015-08-17 00:00:00 | Comentários:

O deputado estadual e ex-prefeito de Embu das Artes, Geraldo Cruz, esteve no último sábado, 15/08, na inauguração do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) localizado no bairro Jardim do Colégio, em Embu das Artes. Trata-se de um amplo espaço que oferece atividades culturais, esportivas e também a assistência social. O complexo foi construído e equipado através de uma parceria entre o Governo Federal com investimento de R$ 2,5 milhões e a prefeitura de Embu das Artes, que investiu R$ 500 mil. Na mesma oportunidade também foi inaugurado o Terminal Intermunicipal Jd. do Colégio que contou com as obras de colocação de guias e sarjetas, drenagem e parcialmente a pavimentação da rua Ursa Maior.

 

O CEU é equipado com anfiteatro, biblioteca, telecentro, Academia Pública, barras de exercício, quadra poliesportiva coberta, parque infantil, pistas de skate e de caminhada, espaço para descanso em bancos e gramado. Foi construído no local um mini terminal de ônibus e reconstruída a ponte, de acesso ao complexo cultural, esportivo e assistencial da Prefeitura. No local funcionará um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), com serviços de assessor jurídico e assistência social, e base móvel da Guarda Civil Municipal (GCM). 

 

Para Geraldo Cruz, a conclusão dessa obra é uma conquista das gestões petistas, tanto do prefeito Chico Brito como da presidenta Dilma Rousseff. O deputado ressaltou o esforço do atual prefeito em buscar recursos e dessa forma oferecer o melhor para o povo. "Quero dizer da emoção e satisfação em estar aqui nesse bairro. Parabéns, Chico porque você tem dado continuidade em um trabalho que nós iniciamos aqui e deu uma cara nova", falou.  

 

O prefeito Chico Brito destacou a inclusão social que a revitalização do espaço vai trazer para os moradores do bairro do Jardim do Colégio e região. "Vendo esse espaço hoje, se quem não mora neste bairro está emocionado, eu imagino as pessoas que moram nesse bairro. Esse é o papel do gestor público fazer com que a população tenha uma vida melhor, então entregar essa obra aqui hoje é ter clareza desse significado e garantir para essa comunidade uma expectativa de vida melhor", disse. 

Cras  

As metas para o Cras Jardim do Colégio já estão definidas: identificar e incluir no Cadúnico (Programa de Transferência de Renda) 50% da população mais vulnerável até dezembro de 2016; identificar e incluir em serviço de fortalecimento de vínculos 0, 4% de crianças e adolescentes em trabalho infantil até dezembro de 2015 (meta pactuada pelo município); reduzir em 14% a incidência de PSC no território até 2016; reduzir em 2% anualmente o índice de violação dos direitos de crianças, adolescentes, mulheres, idosos e PCD; fortalecer os vínculos familiares e comunitários. No bairro, há uma população que não sabe da existência do Cras e desconhece os serviços que o governo oferece.

Inscrições abertas  

Já estão abertas as inscrições para as oficinas culturais, de terça a sexta, manhã e tarde, em dias e horários intercalados, na Sala Multiuso do CEU do Jd. do Colégio (rua Ursa Maior, s/nº). Os interessados, portando documento e atestado de residência na cidade, podem se inscrever nas oficinas gratuitas, de artes plásticas, capoeira, pintura em tecido, teatro, música e dança, que já são realizadas em outros espaços culturais da cidade. Veja a seguir informações sobre cada uma delas, faça a sua escolha e inscreva-se com os monitores da Secretaria Municipal de Cultural, que já estão no local, na entrada, diariamente, das 8 às 17h. Vagas limitadas.

 

Saiba mais sobre o programa federal dos CEUs

Os CEUs – Centros de Artes e Esportes Unificados – integram num mesmo espaço programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e de inclusão digital, para promover a cidadania em territórios de alta vulnerabilidade social das cidades brasileiras. Por meio da parceria entre União e municípios, estão sendo construídos 357 CEUs, com unidades já inauguradas nas cinco regiões do país.

 

A gestão dos CEUs é compartilhada entre as prefeituras e a comunidade, com a formação de um Grupo Gestor, que fica encarregado de criar um Plano de Gestão, e também conceber o uso e programação dos equipamentos. Para potencializar a participação social, o MinC vem realizando amplo mapeamento sociocultural dos Territórios de Vivência dos CEUs, como estratégia de mobilização social das comunidades locais. Esse material auxilia na ativação dos territórios, com visitas do MinC aos municípios para reuniões de validação dos mapeamentos juntamente aos gestores e comunidade.

 

Os projetos arquitetônicos de referência dos CEUs foram desenvolvidos por uma equipe multidisciplinar e interministerial que concebeu três modelos do equipamento, previstos para terrenos com dimensões mínimas de 700 m², 3.000 m² e 7.000m².

 

Os centros contam com biblioteca, cineteatro (48, 60 ou 125 lugares), laboratório multimídia, salas de oficinas, espaços multiuso, Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), além de pista de skate. Os CEUs maiores (3.000 e 7.000 mil m²) também contam com quadra de eventos coberta, playground, pista de caminhada.

 

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário