Líder do PT na Alesp defendeu discurso unificado para enfrentar má gestão de tucanos

2015-05-25 00:00:00 | Comentários:

O líder da Bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo, Geraldo Cruz, participou nesta sexta-feira, 22/05, do encontro estadual de prefeitos, prefeitas e vices do PT de São Paulo. O evento fez parte da programação da Etapa Estadual do 5º Congresso do PT.

Estiveram presentes cerca de 40 representantes das prefeituras do estado, deputados e deputadas estaduais e federais, além dos dirigentes estaduais do Partido. O objetivo do encontro foi debater a conjuntura política, o modo petista de governar e a relação federativa.

Ao lado de Arthur Chioro, ministro da saúde, Geraldo Cruz fez parte da mesa 'Debate sobre o Pacto Federativo e o Modo Petista de Governar', que contou ainda com o presidente da Associação Brasileira de Municípios, Eduardo Tadeu Pereira; Maria Alice, do banco de políticas públicas da Escola Nacional de Formação do PT; e o prefeito de Carapicuíba, Sergio Ribeiro. A mediação coube a Rodrigo Funchal, coordenador estadual do GTE PT-SP.  

Durante sua exposição, o líder do PT defendeu três pilares do “modo petista de governar” para o êxito das gestões públicas: participação popular, transparência e inclusão social. “Estamos no melhor partido e somos preparados para enfrentar os desafios. Não podemos aceitar a manipulação de setores da mídia e da direita conservadora”, concluiu sobre o orgulho de ser petista.

O parlamentar disse ainda que os prefeitos e prefeitas do Partido dos Trabalhadores devem realizar uma oposição mais qualificada ao governo Geraldo Alckmin. “É preciso criar uma forma política propositiva com discurso unificado para acabar com as más gestões do tucanato em São Paulo, que já perdura por mais de duas décadas”, enfatizou. CB

Com informações e imagens de Fábio Sales (Comunicação GTE PT-SP)

 

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário