Geraldo Cruz pede apoio para a criação de políticas públicas para jovens paulistas

2015-05-13 00:00:00 | Comentários:

O líder do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Geraldo Cruz, recebeu na manhã desta terça-feira, 12/05, representantes da Rede de Juventude de Campinas e do TLC do Campo Limpo. O objetivo do encontro é por em debate a Lei 15.096/2013, de sua autoria, que cria a obrigatoriedade de implementação de políticas públicas destinadas à juventude.

O deputado explicou que apesar de ter sancionado três artigos do projeto e vetado os demais, Alckmin não fez nenhuma regulamentação para dar início às ações de políticas públicas passados quase dois anos da publicação no Diário Oficial. Desta forma, o poder executivo se esquiva do compromisso de implementar ações permanentes destinadas à população entre 15 e 29 anos.

Também esteve presente o articulador do Plano Juventude Viva no território do Campo Limpo, Gildo José dos Santos. O Plano é uma iniciativa do Governo Federal em 142 municípios brasileiros, distribuídos em 26 estados e no Distrito Federal, que em 2010 concentraram 70% dos homicídios contra jovens negros.

Para Gildo, “a importância de encontros como este é a troca de vivências e expectativas para pensarmos caminhos e soluções em comum”. Entre os vetos do governador esta a proposta de mapeamento periódico da juventude de São Paulo, medida de extrema importância para fundamentar políticas públicas assertivas para cada grupo.

Geraldo Cruz pediu ainda apoio no sentido de pressionar a Alesp na derrubada dos vetos que o governador impôs à Lei de sua autoria, inclusive de artigos que propunham incentivos fiscais às empresas que empregarem jovens, prioridade para aqueles com origem em famílias de baixa renda e egressos das instituições de privação de liberdade. “Nosso Projeto tinha mais de 12 Artigos, e buscava a criação verdadeira de uma política publica que atendesse as necessidades reais do jovem paulista, nas áreas urbanas ou rurais. O governador zombou do cidadão de São Paulo e a tesourada que fez no PL demonstra o descaso com os jovens e o futuro”, explicou o líder.

Os jovens de Campinas e Campo Limpo prometeram estudar o Projeto de Lei de Geraldo na integra para propor alterações e sugestões para viabilizar a implementação de políticas públicas destinadas à juventude. CB

 

Imagem: Gildo José dos Santos

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário