Missa em Aparecida pede justiša para Lula

2018-05-21 00:00:00 | Comentários:

O santuário de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil, recebeu petistas dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Santa Catarina, além da cidade de Brasília e diversos municípios de São Paulo.

No último domingo, 20, como parte das tradições da missa católica, o padre João Batista de Almeida (reitor do Santuário de Aparecida) falou, durante a hora das Intenções: "Pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para que Nossa Senhora Aparecida o abençõe e dê muitas forças e se faça a verdadeira justiça para que o quanto antes ele possa estar entre nós, construindo com o nosso povo um projeto de país que semeie a justiça e a fraternidade, rezemos ao senhor".

 

Nem a frente fria que havia chegado um dia antes em São Paulo foi capaz de afastar os milhares de militantes da Romaria a Aparecida do Norte em defesa de Lula Livre.

Em uma tarde de tempo aberto, mas muito vento frio, as demonstrações de solidariedade ao ex-presidente aqueceram corações e ultrapassaram a barreira da religiosidade. O anseio por justiça segue movendo multidões nesse momento de ataque a democracia que o país atravessa.

Em uma bonita demonstração de fé e esperança, o movimento realizou uma passeata pela passarela que liga a igreja antiga a basílica nova. Durante todo o percurso ouvia-se canções e pessoas falando frases em apoio a Lula. Também eram exibidas faixas e cartazes com mensagens clamando por justiça e por paz no Brasil. 

A repercussão positiva demonstra a força do Partido dos Trabalhadores. O partido segue marcando sua posição e deixa explícito que não vai desistir da luta até que a justiça seja cumprida com base em provas ao invés de interesses políticos.

Lula Livre!

Imagens: Paulo Giannini Filho

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário