Balanšo 2017: "Um mandato voltado para as pessoas"

2017-12-22 00:00:00 | Comentários:

Amigos e amigas, estamos chegando ao fim do meu sétimo ano de mandato como legislador estadual, sou muito grato a todos(as) cidadãos(ãs) que confiam em mim. Este ano pude comemorar resultados positivos da gestão parlamentar, apresentei indicações ao orçamento, emendas, requerimentos e projetos de leis; no qual destaco a Nota Paulista da Saúde, que será votada ano que vem e, caso aprovada, ajudará na solução de dois problemas comuns: a falta de remédios básicos nos Postos e a demora no agendamento de exames médicos. Trabalhar para que este projeto vire Lei e seja sancionado pelo executivo é uma das metas de 2018.

Fico com a sensação de que muito, mas muito mais poderia ter sido feito enquanto deputado estadual se não fosse o governo tucano vetar praticamente todos os projetos de lei da oposição apenas por ser oposição, colocando a disputa de siglas partidárias acima da população e ignorando por completo os benefícios que certas leis trariam ao povo paulista.

Apesar das dificuldades enfrentadas em 2017, também obtivemos vitórias. Destaco a decisão da Justiça de comprovar a minha inocência em um processo que se estendia há dois anos. Como eu disse em maio deste ano, "a confirmação de minha inocência pelo TSE recuperou a verdade dos fatos na imprensa e na opinião pública".

Também obtivemos vitória quando nos unimos aos varejistas de carne para pressionar Alckmin. Conseguimos fazer o governo recuar com relação a isenção da cobrança de ICMS na carne. A decisão deixaria o produto mais caro nos açougues, mas nossa ação em favor da população brecou ao menos uma das muitas ações do governador que assolam a população mais pobre.

Os desmandos são tantos, em tantos lugares, que é preciso ter esperança. Recentemente, em mais uma vitória da população, o Tribunal de Justiça de São Paulo acatou a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) suspendendo a cobrança da taxa do lixo de 2017 em Embu das Artes.

São ações como essas que comprovam, acima de tudo, o meu pensamento de um mandato voltado para as pessoas. Há mais de 30 anos trilho este caminho político, de inclusão, honestidade, trabalho e informação, e na Assembleia Legislativa não é diferente. Neste ano realizamos diversos atos como a Audiência Pública sobre a Lei do Guarapiranga; Seminários sobre direitos das mulheres, reforma da previdência (aposentadoria) e desenvolvimento sustentável; além da mobilização da juventude e da militância, que esperam que em 2018, ano de eleições, possamos escolher os melhores candidatos para governar nosso Estado e o nosso país.

Por fim, agradeço ao povo pela oportunidade de estar neste mandato e desejo a população muita paz e felicidade nas festas e no ano que está por vir. Um grande abraço.

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário