Aliados de Alckmin aprovam benefícios fiscais para maus pagadores

2017-07-06 00:00:00 | Comentários:

Seguindo a cartilha de Temer, Alckmin quebrou a resistência de deputados da base aliada acenando com um aumento de 0,2% nas emendas parlamentares do ano que vem. As emendas são usadas como vitrine política dos deputados para a realização de obras locais.

Desta forma, na noite de ontem, além de aprovar a Lei de Diretrizes Orçamentárias com poucos ganhos de recursos para as universidades públicas, a Alesp acatou o projeto do tucano que reduz as multas para os devedores do ICMS (PL 57/2017) sem considerar as ressalvas apresentadas pelo PT. As mudanças sugeridas pelos petistas tinham o objetivo de impedir que empresas fraudadoras ou autoras de irregularidades pudessem se beneficiar com a redução. Também perdoa a dívida para devedores reincidentes. Isto é, Geraldo castiga os bons pagadores e beneficia os maus, em uma medida nada pedagógica para quem prejudica a população que mais precisa dos serviços públicos.

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário