6º Congresso Estadual do PT elege Luiz Marinho como novo presidente do partido em São Paulo

2017-05-15 00:00:00 | Comentários:

A etapa estadual do 6º Congresso do PT "Marisa Letícia Lula da Silva", realizada na Quadra do Sindicato dos Bancários, na Sé, terminou com a eleição do novo presidente do PT em São Paulo, Luiz Marinho, da chapa Construindo um Novo Brasil (CNB). Durante os três dias de evento, militantes e lideranças de diversas regiões do estado discutiram mudanças e propostas para que o Partido dos Trabalhadores evolua e siga crescendo.

O deputado estadual Geraldo Cruz participou de todo o Congresso, que contou com a presença dos ex- presidentes Lula, do Brasil e Mujica, do Uruguai. Outras importantes lideranças petistas como os senadores Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann, e o ex-prefeito Fernando Haddad também compareceram. Companheiros e companheiras de diversas regiões do estado, movimentos populares, sociedade civil e lideranças participaram dando sua contribuição para a defesa da democracia.

Para Geraldo Cruz "esses debates fortalecem o PT e afirmam sua importância como o maior partido de esquerda do mundo. É um ato importante, de politização, aprendizado e também de propostas para que tanto o partido, como a militância, evoluam e se alinhem na luta por um Brasil mais justo e com igualdade de oportunidades para todos e todas", afirmou o deputado.

LEIA MAIS:
+ Audiência Pública expõe desafios sobre a revisão da Lei da Guarapiranga
+ Depois de sofrer pressão, governo estadual recua em aumento do preço da carne
+ Geraldo Cruz participa do programa Arena Livre e discute os problemas da enchente. Assista

Eleito presidente, Luiz Marinho reafirmou a posição do PT contra a mídia golpista e contra o golpe. Assumiu o compromisso de dirigir a militância do estado de São Paulo coletivamente e defendeu o combate às ideias conservadoras e a reprodução das práticas da política tradicional. Reforçou a responsabilidade de eleger o ex-presidente Lula e ampliar as bancadas estadual e nacional. "Nesse momento de excepcionalidade, é preciso que nosso partido aja como tal, para responder a expectativa não só da nossa militância, mas do povo brasileiro." Afirma Marinho.

Além de Luiz Marinho, outros três candidatos disputaram a presidência do PT-SP: Ana Lídia, João Paulo Rillo e Renato Simões. A etapa Nacional do 6º Congresso do PT acontece no início de Junho.

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário