Geraldo Cruz cobra postura imparcial da Polícia Militar

2016-03-15 00:00:00 | Comentários:

Esta manhã, 15/03, o deputado estadual Geraldo Cruz esteve em reunião com o secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Alexandre Moraes,  o secretario nacional da CUT,  representantes do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, alé dos deputados petistas: Beth Sahão, Alencar Santana Braga, Enio Tatto, Luiz Fernando Teixeira Ferreira, Teonilio Barba, Luiz Turco e José Zico Prado. 

O objetivo da comissão que esteve na sede da Secretaria, é cobrar do secretário as ameaças de invasão policial sofridas pelo Sindicato dos Metalúrgicos subsede Diadema, na última sexta-feira, 11/3, durante uma plenária de apoio ao ex-presidente Lula e o ex-deputado federal José de Fillipi. Além disso, sedes da CUT e da UNE foram alvos de vandalismo neste sábado (12/3), um dia antes das manifestações de oposição ao governo federal.

Durante a reunião, Geraldo Cruz questionou o secretario sobre as manifestações públicas de apoio da PM aos atos de domingo, quando alguns policiais foram filmados batendo continência e com sirenes das viaturas ligadas.  Alexandre Morais reconheceu que este comportamento não é comum, já que as forças de segurança pública não devem se manifestar durante os atos políticos.

Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário