Geraldo Cruz condena agressões contra estudantes na Alesp

2016-03-02 00:00:00 | Comentários:

O deputado Geraldo Cruz  repudiou a ação da Polícia Militar da Assembleia Legistlativa de São Paulo que retirou a força estudantes que protestatavam a favor da instalação da CPI da Máfia da Merenda.

Para jornalistas, Geraldo Cruz classificou a medida como desnecessária. Segundo ele, a repressão não é a melhor forma de corrigir desentendimentos. "A Polícia Militar pode cumprir seu papel sem bater em ninguém", destacou.

A ação de retirada dos estudantes foi um pedido do deputado Coronel Telhada, que sempre que há manifestantes contrários a suas posições, pede o esvaziamento da galeria pública.

Geraldo Cruz vem liderando a proposta de abertura da CPI que já tem 23 assinaturas. "Não entendo a resistência em abrir esta CPI tão importante que dará oportunidade daqueles que não são envolvidos nos crimes provarem suas inocências", explicou.

No ato desta tarde de terça-feira, dois dos jovens agredidos, Renata Letícia e Douglas, foram enviados para o 36º DP para assinar Boletim de Ocorrência de resistência à prisão. CB

Imagem: Lucas Martins para Jornalistas Livres



Comentário

Envie seu comentário

Erros no formulário